quarta-feira, 16 de maio de 2012

Só quero sua brisa leve e quente




Há folhas se atirando do alto das árvores, anunciando um novo outono. A nova estação chega apressada, mas eu não quero correr o tempo, só quero deixar que o tempo me leve e me arraste de leve pra perto de você. Só quero viver nossas vidas de perto, de bocas juntas e mãos dadas.

Só quero me jogar no seu carinho, sem me importar com as horas que passam lá fora, só quero ouvir, viver e ver tudo de você. Quero sua língua desenhando meu corpo no inverno e me cobrindo de desejo nas próximas estações. Quero sua brisa leve e quente sussurrando bobagens ao pé do ouvido.

Sua brisa faz bem a minha pele, tenho rejuvenescido meu juízo com você e amadurecido meus desejos. Você é mais que um frio na barriga, é mais que um sabor doce na boca e mais que um pedaço de mim. Você admitiu ser ‘espaçoso’ e eu concordei, afinal... você chegou tomando conta da minha vida, das minhas vontades, dos meus planos e roubou minha atenção. Quando eu notei, estava pensando em você todos os minutos do meu dia, sem querer, por te querer demais.

Só quero me apaixonar por você de novo e todos os dias, até o fim do outono, começo do inverno e o nascer das outras estações. Eu não sei mais decidir se ainda quero, porque minha vontade já tem um sentido próprio e só sabe gostar mais de você, a cada dia.